Notícias em Destaque

Teve início na última segunda-feira, (4), a Pesquisa de Satisfação Forluz, que tem como objetivo mensurar o grau de satisfação dos participantes em relação aos serviços prestados pela Fundação. Pelo segundo ano consecutivo, o levantamento será conduzido pela empresa Gestner – Gestão e Consultoria, especialista no segmento.  

A pesquisa é feita por meio de entrevistas por telefone com participantes ativos, assistidos e pensionistas. O período para aplicação do questionário será entre os dias 4 e 18 de novembro, e você poderá ser selecionado para participar desta amostra.

Caso receba o contato, fique à vontade para dar a sua opinião sobre os temas abordados. Cabe destacar que as informações coletadas são confidenciais e tratadas estatisticamente. A sua contribuição é fundamental para que a Forluz possa melhorar sempre. 

Fonte: Forluz

Para colocar seus objetivos em prática, a Cemig Saúde conta com o projeto Horizonte 2020, um plano estratégico que reúne todas as suas metas e iniciativas voltadas ao futuro do negócio. Como 2020 vem aí, a Operadora iniciou uma nova etapa desse processo e apresentou um projeto de atualização de seu planejamento estratégico, com o objetivo de definir as diretrizes que serão implantadas na empresa nos próximos cinco anos.

O workshop inicial dessa nova etapa foi promovido na Operadora no dia 29 de outubro, conduzido por consultores da empresa Fourge, que está atuando na consultoria dos trabalhos de estratégia. O encontro contou com a participação de David Quites, do Projeto Saúde 360° e gestor responsável pela coordenação técnica dos trabalhos, da superintendente Ana Lúcia Soares, do Conselho Deliberativo e Fiscal da Cemig Saúde, do presidente Anderson Ferreira, do diretor da DRP Marcos Barroso e do diretor administrativo e financeiro Stefano Dutra Vivenza.

 Além de apresentar o contexto e os desafios do setor, o encontro promoveu dinâmicas destinadas aos membros dos Conselhos, que reúnem eleitos pelos beneficiários e indicados pela nossa patrocinadora, a Cemig. “A reunião permitiu que percebêssemos que as questões mais importantes são de compreensão comum. Os membros do conselho estão bastante alinhados com os desafios e as mudanças que deverão ser planejadas para os próximos anos, para que a Cemig Saúde se adeque aos desafios que ela vai enfrentar”, afirma Hélder Godinho, do Conselho Deliberativo.

Os participantes foram incentivados a pensar de acordo com as necessidades e expectativas dos beneficiários e a entender seu papel no plano de saúde, o que contribuiu para que todos estivessem sintonizados quanto à importância do processo. “Estabelecer o planejamento estratégico é uma necessidade premente da Cemig Saúde. Para mim é a esperança de definir caminhos para a sustentabilidade do nosso plano. E tenho ciência da grande responsabilidade da consultoria, considerando o cenário de muita turbulência e volatilidade”, observa Vera Lúcia Borges, também do Conselho Deliberativo.

Com esse novo planejamento estratégico para os próximos cinco anos, a Cemig Saúde busca se tornar uma operadora de plano de saúde ainda mais sustentável e eficiente para os beneficiários, tornando possível cuidar da saúde das pessoas com equilíbrio financeiro e garantindo a eficácia das iniciativas que precisam ser implementadas no futuro.

Para o presidente da Cemig Saúde, Anderson Ferreira, a revisão da nossa estratégia é essencial para assegurar a eficácia das medidas que precisam ser implementadas no curto, médio e longo prazo. “O objetivo é alcançar o equilíbrio entre o cuidado com a saúde dos nossos beneficiários (nossa razão de ser) e o equilíbrio financeiro das nossas contas. A dinâmica realizada junto aos nossos conselheiros foi fundamental para o estabelecimento das diretrizes estratégicas que serão perseguidas durante a confecção da nossa estratégia e alinhamento contínuo entre todas as partes interessadas acerca dos resultados objetivados”, afirma.

Fonte: Cemig Saúde

O Conselho Deliberativo da Forluz aprovou, nesta quinta-feira (31/10), a indicação de Nelson Benício Marques Araújo, para a Diretoria de Seguridade e Gestão. Nelson, deixa a presidência do órgão, e assumirá a Diretoria em substituição à Thiago Felipe Gonçalves.

O processo de habilitação de Nelson junto à PREVIC (Superintendência Nacional de Previdência Complementar) será iniciado e até que todas as etapas sejam concluídas, o presidente Gilberto Gomes Lacerda, assume, interinamente, as funções da Diretoria.

Nelson iniciou sua trajetória profissional na Cemig onde construiu sólida e reconhecida carreira ao longo dos últimos 32 anos. Em 2010, passou a coordenar a Superintendência de Planejamento e Operação de Geração e Transmissão, cargo que ocupa até hoje. Na Forluz, ele ingressou como membro do Conselho Deliberativo em 2011.

Conselho Deliberativo
Com a saída de Benício, quem assume a presidência do Conselho Deliberativo é Mauro Marinho Campos. Mauro é conselheiro da Forluz desde 2017. Na Cemig, é Superintendente de Serviços Comerciais e Emergenciais de Distribuição. Também atuou por seis anos como Membro do Conselho Deliberativo da Cemig Saúde, sendo um deles como Presidente.

Fonte: Forluz

Em entrevista ao programa "Café com Política", da rádio Super, o deputado Raul Belém (PSC) reiterou sua posição contrária em relação à venda da Cemig. Para ele, a empresa é uma das maiores do mundo e um patrimônio do povo mineiro. Além disso, o parlamentar argumentou que em Goias a privatização não funcionou e defendeu que a estatal gera lucro e investe no Estado.
 
VEJA O VÍDEO ABAIXO
 
 

 

​A Forluz permanentemente analisa as melhores condições para gestão e rentabilidade dos seus ativos.  Neste contexto, sendo proprietária do Edifício Aureliano Chaves, tem buscado novos inquilinos para o imóvel, hoje ocupado pela Cemig. Para tanto, vem discutindo a rescisão da locação parcial com a Patrocinadora, ao mesmo tempo que está em negociação com o Banco Inter para um novo contrato de aluguel.

O processo de negociação para a locação de parte do Edifício ao Banco Inter está avançado e as cláusulas contratuais finais estão sendo acertadas entre as partes. Demais detalhes deste acordo não podem ser divulgados em respeito à confidencialidade das informações.

A Entidade vai manter seus participantes informados sobre o assunto por meio dos seus veículos oficiais de comunicação.

Inovação e sustentabilidade

Concluído em 2015, o Edifício Aureliano Chaves é um dos imóveis mais modernos de Belo Horizonte e se destaca pela inovação e eficiência energética. Projetado e construído para ser um empreendimento sustentável, o prédio recebeu o Certificado Leadership in Energy and Environmental Design – Grau Ouro, que comprova o comprometimento com o meio ambiente.

Composto por 24 andares e cinco subsolos, está localizado na avenida Barbacena, bairro Santo Agostinho, com fácil acesso a várias regiões da cidade. 

Fonte: Forluz

Todo ano se tem a mesma sensação de que o tempo passou sem que pudéssemos ver. Em 2019 não foi diferente e já estamos chegando a mais um final de temporada. Com isso, a Sede BH e os Escritórios do Interior já iniciaram a organização das tradicionais festas de fim de ano, que ocorrerão no mês de dezembro.

Até o momento estão confirmadas as festividades em Belo Horizonte, Divinópolis, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberaba e Uberlândia. No dia 6, ocorrerá a festa do Escritório de Juiz de Fora, a partir das 20h. O evento será na Casa Fest (Avenida Olegário Maciel, 201, bairro Santa Helena. Mais informações pelo (32) 3223 1697.

Ainda no dia 6, haverá o encontro em Uberaba, às 20h, na Churrascaria Boi Bão (Avenida  Tonico dos Santos, 300, Jardim Induberaba). Mais informações pelo (34) 3313 0245. Também nesta data, Montes Claros vai reunir associados e familiares no Bar do Gera (rua Hildelberto de Freitas, 102, São José), a partir das 20h30. Mais informações pelo (38) 3221 6690.

No dia 7, será a vez dos associados de Divinópolis. A celebração será no salão de festas Rubi (Rua Isauro Ferreira, 73, Porto Velho), às 19h30. A entrada é franca. Mais informações pelo (37) 3213 4895.

Em Uberlândia, a comemoração será dia 13, a partir das 20h, no salão de festas da Loja Macônica (avenida Aspirante Mega, 2640, Jardim Patrícia). Quem comparecer poderá desfrutar de um jantar dançante. Mais informações pelo (34) 3236 5293.

Também no dia 13,  será a vez da festa em Belo Horizonte, a partir das 19h no Clube Aspra (Rua Álvares Maciel, 108, Santa Efigênia). Os ingressos custam R$ 40 (sócios) e R$ 50 (não sócios).

A 1ª Vara Federal de Brasília, responsável por julgar a ação da bitributação, determinou que se encontre o valor pago de contribuição no período de 1989 a 1995 de cada participante da ação e, após isso, se refaça a declaração de Imposto de Renda desse período (1989/1995), retirando da base de incidência de IR o valor da contribuição encontrado. Após isso, se verificaria a existência de eventual saldo a ser pago ao participante.

A decisão foi disponibilizada no site da Vara Federal no último 1º de outubro, e se refere a embargos de declaração interpostos pela AEA e pela União. Na prática, significa mais um capítulo da extensa disputa judicial que se arrasta há 19 anos, ainda sem data para uma solução definitiva.

Em agosto do ano passado, Alberto Maimoni (foto), advogado que representa a AEA na ação, informou em encontro com os associados que o caso deveria se desenrolar por pelo menos mais três anos. Com essa nova decisão, esse prazo pode se estender ainda mais.

“Como se vê, a decisão não resolve o processo de execução e posterga a perspectiva de final solução do processo quando determina novos cálculos e de um período longínquo. Para se fazer o novo cálculo será necessário levantamento de documentos, de declaração de IR, bem como fazer novos gastos na contratação de perito para sua elaboração”, explica o advogado.

Nos embargos de declaração da União, ela alegava a ocorrência de prescrição, o que foi afastado pela decisão, mantendo sentença anterior.

“Nos embargos de declaração da AEA, inúmeras matérias foram arguidas, mas nem todas foram objeto da decisão judicial, que se limitou a modificar a forma do cálculo e determinar o levantamento dos valores incontroversos na execução”, esclarece Maimoni.

Em celebração ao Dia do Idoso, a AEA e a Forluz vão promover uma palestra com a terapeuta ocupacional, Cecília Xavier, no próximo 30 de setembro (segunda-feira), às 14h, no Auditório da Sede BH (Avenida Afonso Pena, 867, 16º andar – Centro).

Oficialmente, o Dia do Idoso é comemorado em 1º de outubro, data em que marca a entrada em vigor da Lei nº °10.741, popularmente conhecida como Estatuto do Idoso.

O Estatuto foi criado em 2003, e surgiu com o objetivo de reforçar a importância da proteção às pessoas com idade a partir dos 60 anos. A implementação da lei significou um avanço na relação com esse público, que a cada dia se torna maior no país, devido ao aumento da expectativa de vida.

Basicamente, a lei estabeleceu os direitos e os mecanismos de proteção aos idosos, a prioridade em alguns serviços, bem como a garantia de acesso à saúde, alimentação, educação, cultura, lazer e trabalho.

Um pouco sobre nós

A AEA-MG (Associação dos Eletricitários Aposentados e Pensionistas da Cemig e Subsidiárias) foi fundada em 29 de janeiro de 1983, por um grupo de eletricitários que percebeu a necessidade de unir os aposentados da CEMIG. Em todos esses anos de existência, apresentamos a você uma entidade forte, representativa e consolidada.

 

Saiba mais...

Newsletter

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das notícias e promoções.