Novembro Azul: entenda a importância do autocuidado

Novembro Azul é uma campanha mundial de conscientização sobre o Câncer de Próstata. Esse é o segundo tipo de Câncer mais comum entre os brasileiros (ficando atrás do de pele). Porém, a sua ocorrência pode ser evitada se os homens eliminarem ou reduzirem os fatores de risco no seu estilo de vida.

Esse fato demonstra a grande necessidade de desmistificar a doença, reforçando a importância das ações de prevenção e de diagnóstico precoce. Isso se torna ainda mais evidente quando nos deparamos com o fato de que os homens vivem 7,3 anos a menos do que as mulheres no Brasil.

Mas por que isso acontece, afinal? Como surgiu o movimento Novembro Azul e por que você deveria prestar atenção ao autocuidado? Continue a leitura deste artigo e confira!

Como surgiu o Novembro Azul?

O movimento mundial é conhecido como Movember, pela junção das palavras em inglês moustache (bigode) e november (novembro). Ele foi criado na Austrália, em 2003, e novembro foi o mês escolhido para a campanha pois o dia 17 é o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata.

Quem trouxe a campanha para o Brasil em 2011 e a nomeou de Novembro Azul foi o Instituto Lado a Lado pela Vida. O objetivo do instituto e de todas as outras entidades que se juntaram à causa é quebrar o preconceito e promover uma mudança no comportamento dos homens em relação à sua própria saúde.

Por que é importante que o homem cuide da sua própria saúde?

Inúmeros fatores fazem com que, em média, os homens vivam menos do que as mulheres, em qualquer lugar do mundo. Entre eles estão questões genéticas, hormonais e ocupacionais (ofícios que oferecem riscos).

Contudo, há um componente cultural e comportamental fortíssimo nessas causas, visto que é amplamente sabido que os homens prestam menos atenção à sua saúde e têm baixa adesão ao exame preventivo. Esse fato contrasta com as atitudes das mulheres, que costumam consultar seus médicos, pelo menos, uma vez por ano.

Além disso, é mais comum vermos hábitos não saudáveis em homens, como tabagismo, consumo excessivo de álcool, sedentarismo e má alimentação. Essas não são causas diretas, porém é consenso entre os especialistas que o estilo de vida está associado ao aumento ou à redução dos riscos de diversos tipos de Câncer.

Um fator bastante relevante é a idade. Não é comum que o Câncer de Próstata se manifeste em homens abaixo dos 40 anos — quando isso acontece, normalmente está relacionado ao histórico familiar. Entretanto, o Instituto Nacional de Câncer (INCA) aponta que 75% dos casos mundiais surgem a partir dos 65 anos.

Aos 80 anos, a incidência é maior, chegando a atingir 50% dos homens. Todavia, esse dado não é tão alarmante se levarmos em consideração que a próstata é uma glândula que está constantemente ativa, produzindo parte do líquido seminal que contém os espermatozoides. É normal que ela apresente alterações nas suas células após tantos anos funcionando.

Qual é a importância dos hábitos saudáveis para a qualidade de vida?

As pessoas desejam aproveitar uma vida longa, mas com pouca frequência fazem planos reais para usufruir a longevidade de forma plena. Quando muito, organizam o trabalho e as finanças para se aposentarem e curtirem a terceira idade da melhor forma possível.

No entanto, a maioria das pessoas se esquece de que, para ter qualidade de vida e conseguir realizar todas as atividades que têm vontade (como viajar e seguir independente da família), é preciso cuidar do próprio corpo. Só que autocuidado não significa apenas procurar um médico quando um problema de saúde aparecer.

O nosso organismo pode ser visto como uma máquina em constante funcionamento. Digamos que você trabalhe com equipamentos automáticos, que têm muitas peças metálicas em contato. De tempos em tempos, é preciso lubrificar as engrenagens para que o processo continue funcionando sem travar, certo?

Agora, responda: você sabia que o nosso corpo também precisa de lubrificação? É por isso que o consumo de oleaginosas e a ingestão de água é tão importante para preservar as nossas articulações, por exemplo. Mas não adianta comer 1 kg de castanhas uma vez por semana, nem tomar 5 litros de água de uma vez só.

É preciso constância. Sabe como conseguimos isso? Desenvolvendo bons hábitos durante a vida. O dia a dia das pessoas saudáveis pode ser diferente, porém, o que todas as pessoas saudáveis têm em comum é o fato de terem uma rotina.

Assim, a prática de exercícios físicos, uma alimentação natural e balanceada e boas noites de sono são fundamentais para o autocuidado, principalmente porque essas atitudes estão diretamente relacionadas à prevenção e/ou à rápida recuperação de inúmeras desordens e doenças, entre elas o Câncer.

Portanto, criar hábitos saudáveis e abandonar os maus costumes deve fazer parte do seu planejamento de vida, independentemente da idade que você tenha. Lembre-se de que nunca é tarde demais para começar.

Qual é o papel do médico de referência no tratamento contra o Câncer de Próstata?

O ponto que deve ser destacado é que o Câncer de Próstata tem cura quando diagnosticado precocemente. A doença é tratada por meio de cirurgia, radioterapia, terapia hormonal ou quimioterapia. Mas como cada caso é único, a decisão de tratamento ideal é tomada pelo paciente junto ao seu médico de confiança.

Por isso é tão importante consultar o médico de referência para realizar os exames preventivos. O profissional acompanha o paciente e todo o seu histórico de saúde, bem como a evolução do estado da próstata. Ao menor sinal de alteração, o médico o orienta sobre os próximos passos.

Por que fazer um acompanhamento médico preventivo?

A cultura do cuidado com a própria saúde é bem diferente entre os homens e as mulheres no Brasil. Enquanto elas costumam frequentar o consultório ginecológico logo após a primeira menstruação, eles têm a tendência de procurar auxílio médico apenas quando uma doença surge.

O problema disso é que muitos homens morrem em decorrência de problemas que teriam sido solucionados com facilidade, caso tivessem recebido um diagnóstico mais cedo. O Câncer de Próstata é a 2ª maior causa de morte entre os brasileiros, segundo a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) e o INCA.

Segundo a SBU, em torno de 20% dos pacientes portadores do câncer são diagnosticados em estágios avançados, simplesmente por terem evitado as consultas periódicas de prevenção. Ainda, cerca de 25% dos portadores morrem devido à doença, que chega aos 90% de chances de cura se identificada cedo.

Lembra-se de quando falamos em desenvolver bons hábitos? Um deles também é ter um acompanhamento médico preventivo. Você deve pensar em impedir o surgimento dos problemas em vez de apenas esperar que eles apareçam para então decidir como resolvê-los. Sob outra perspectiva, é mais fácil lidar com a doença quando ainda está no estágio inicial.

Percebeu a relevância da campanha Novembro Azul e o recado que ela passa sobre o autocuidado? Ela visa conscientizar os homens brasileiros a serem atuantes no cuidado integral com a própria saúde, sendo protagonistas do seu estilo de vida. A combinação de hábitos saudáveis e acompanhamento médico gera ótimos resultados e uma melhor qualidade de vida, em todas as idades.

Fonte: Cemig Saúde

Compartilhe

Um pouco sobre nós

A AEA-MG (Associação dos Eletricitários Aposentados e Pensionistas da Cemig e Subsidiárias) foi fundada em 29 de janeiro de 1983, por um grupo de eletricitários que percebeu a necessidade de unir os aposentados da CEMIG. Em todos esses anos de existência, apresentamos a você uma entidade forte, representativa e consolidada.

 

Saiba mais...

Newsletter

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das notícias e promoções.