Imprimir esta página

Justiça indefere pedido da Cemig que tentava impedir renovação automática do Acordo Coletivo Específico do PSI

A Cemig tentou uma manobra na Justiça para impedir que o Acordo Coletivo Específico (ACE) sobre o plano de saúde fosse renovado automaticamente a partir de 31 dezembro.

Para alcançar seu objetivo, a patrocinadora entrou com pedido liminar no Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região. Na ação anulatória proposta, a empresa tentou “rasgar” a Cláusula 17ª do Acordo Coletivo Específico celebrado em 19 de março de 2010 com a AEA-MG e os Sindicatos que assinaram o compromisso. Contudo, o desembargador Sebastião Geraldo de Oliveira indeferiu o pedido liminar da patrocinadora. (VEJA DECISÃO)

A investida da Cemig tinha como principal objetivo deixar de cumprir sua obrigação de patrocinar parte do Prosaúde Integrado da Cemig da Cemig (PSI) para os aposentados e pensionistas.

Unidos em defesa dos aposentados e dos ativos, a AEA-MG e Sindicatos, citados na decisão do TRT, lutam por um objetivo comum: assistência à saúde de qualidade para todos!!!!

 

FORTALEÇA A AEA-MG, LEGÍTIMA REPRESENTANTE DE APOSENTADOS E PENSIONISTAS DA CEMIG E SUBSIDIÁRIAS!!!

Instagram: https://www.instagram.com/portal.aeamg/

Facebook: https://www.facebook.com/portal.aeamg

>> Clique AQUI e seja sócio!

>> Clique AQUI e inscreva-se no canal da AEA-MG no Youtube.

Compartilhe