Notícias em Destaque

A AEA-MG promoverá no próximo 27 de junho (quinta-feira), palestra com o Diretor de Relações com Participantes da Cemig Saúde, Marcos Barroso (foto), e sua equipe O encontro será às 14h30, na Sede BH (Avenida Afonso Pena, 867, 16º andar - Centro), com o tema "Como a Cemig Saúde pode contribuir para o seu cuidado”. O evento faz parte da programação do Ciclo de Palestras 2019 da Associação.

Na oportunidade, o DRP falará a associados e pensionistas sobre a atual situação do plano de saúde, ações que estão sendo desenvolvidas e perspectivas.

Os interessados devem se inscrever pelo telefone (31) 3224 8323 ou pessoalmente na Sede BH.

Os benefícios pagos aos participantes assistidos dos planos A e B da Forluz serão reajustados em 4,6584% a partir deste mês de junho. Para os participantes do Plano B que começaram a receber o benefício a partir de junho de 2018, o percentual será aplicado de forma proporcional.

São contemplados os participantes dos dois planos, exceto aqueles que recebem MAT Temporária em Valor Variável.

Cabe lembrar que este reajuste é calculado anualmente com base no índice IPCA-IBGE. O percentual se refere ao período acumulado entre o mês de junho de 2018 e maio de 2019. Confira os valores e o índice nas tabelas abaixo:

 

reajuste2019Fonte: Forluz

A AEA-MG apresenta a proposta da versão do novo Estatuto - quinta alteração (CLIQUE AQUI E CONFIRA O DOCUMENTO) que será analisada, discutida e votada por Assembleia Geral Extraordinária com data a ser marcada. O trabalho de reformulação do Estatuto é uma das propostas de trabalho da gestão 2018/2020 e tem como objetivo principal atualizar o documento, de modo a deixá-lo mais adequado à conjuntura política e administrativa pela qual passamos no país, no nosso estado e na gestão da Cemig.

Desta forma, destacamos abaixo as principais motivações para esta reformulação:

1) Permitir que a AEA-MG possa ser uma Instituidora de planos de benefícios previdenciários e de saúde para seus associados e seus familiares;

2) Ampliar a possibilidade de associação à AEA-MG de eletricitários aposentados que contribuíram por vários anos com a Cemig, mas sem vínculo empregatício com ela (terceirizados);

3)  Permitir a perenidade da AEA-MG e seu crescimento futuro, mesmo na eventualidade de uma privatização da Cemig, no todo ou em parte;

4)  Evidenciar a sua preocupação e a atuação da AEA-MG na defesa da Cemig como impulsionadora do desenvolvimento econômico e social do estado de Minas Gerais, em particular, e do Brasil em geral;

5) Adequar a estrutura organizacional da AEA-MG aos novos tempos, inclusive possibilitando a eleição simultânea para os integrantes dos seus órgãos estatutários.

Para se chegar à versão proposta, foi formado um Grupo de Trabalho que, durante os últimos meses, avaliou todos os dispositivos do Estatuto que poderiam ser ajustados e aprimorados.

Conforme estabelecido pela Diretoria Executiva, a frente de trabalho foi composta pelos Diretores Afonso Barros Machado e Edi Ângelo, e os associados Jurandir de Carvalho Soares e Misael de Jesus dos Santos Sá.

Após minuciosa análise feita pelo Grupo de Trabalho, foi elaborada uma minuta e encaminhada à Diretoria Executiva e ao Conselho Deliberativo. Os órgãos submeteram o documento a análise e apresentaram sugestões. A versão proposta do Estatuto foi então analisada e consolidada em reunião Colegiada, realizada no último 27 de maio de 2019, na Sede BH, com a participação de Diretores e Conselheiros. Todo o procedimento administrativo foi acompanhado pelo Conselho Fiscal, que emitiu parecer sobre o efetivo cumprimento das etapas de sua elaboração.

Agora, a AEA está disponibilizando a íntegra do documento para a ciência de todos os associados, para que possam avaliá-lo e apresentar sugestões caso julguem necessário. As eventuais propostas de contribuição dos associados deverão cumprir alguns requisitos (veja abaixo) e, após analisadas pela direção da Associação e consolidadas na versão final do documento, serão discutidas na Assembleia Geral Extraordinária, com data a ser marcada brevemente.

PRAZO PARA APRESENTAR SUGESTÕES
As propostas de contribuição dos associados devem ser encaminhadas à Diretoria da AEA-MG, a partir de 10 de junho de 2019, e somente serão consideradas as sugestões que chegarem via e-mail (O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.), carta registrada ou pessoalmente (à Sede BH e aos Escritórios do Interior) até as 17h do dia 1º de julho de 2019.

O QUE DEVE CONSTAR NA MENSAGEM
Nome completo do associado, matrícula, inclusão/alteração/exclusão de dispositivo da proposta, redação/texto e justificativa do dispositivo sugerido pelo associado.

 

A AEA-MG iniciou uma ação para atualização de dados dos associados, com o objetivo de aprimorar e estreitar o relacionamento com aposentados e pensionistas.

O procedimento será realizado via ligação telefônica, para a confirmação de informações como nome, matrícula, CPF, endereço completo, telefone e e-mail.

O contato será feito por algum empregado da Associação e, em caso de dúvida, favor entrar em contato pelo telefone (31) 3224 8323.

A 5ª Vara do Trabalhou realizou, nessa segunda-feira (27), audiência da ação ajuizada pela AEA-MG contra a Cemig, questionando as alterações unilaterais promovidas pela empresa na apólice do seguro de vida em grupo de empregados e ex-empregados (cerca de 18 mil vidas), em janeiro de 2016. Trata-se, na verdade, de uma Ação Coletiva de Consumo movida na Justiça Estadual, que acabou por declinar a competência para a justiça do trabalho.

O juiz Jésser Gonçalves Pacheco considerou a sessão dessa segunda-feira como se fosse a continuação da audiência ocorrida em 31 de agosto de 2018, e declarou encerrada a instrução. Agora, “aguarda-se o julgamento no prazo legal, sendo que as partes serão intimadas”, conforme ele relatou em ata. (CLIQUE AQUI E VEJA A ATA)

A expectativa inicial era a de que a sentença fosse proferida na audiência do último dia 27. No entanto, como houve mudança de juiz (a magistrada que acompanhou a instrução foi substituída), há a necessidade de que o atual possa se inteirar do teor do processo antes de emitir seu veredicto.

“Os juízes do trabalho têm o prazo de até 60 dias para prolatar a sentença sobre determinado caso, contado depois de exauridos os 30 dias previstos no artigo 226, inciso III, do Código de Processo Civil (CPC)”, explica Enderson Couto Miranda, advogado que representa a AEA na ação.

A AEA-MG promoverá no próximo 31 de maio (sexta-feira), palestra com o Diretor de Relações com Participantes da Forluz, Vanderlei Toledo. O encontro será às 14h, na Sede BH (Avenida Afonso Pena, 867, 16º andar - Centro), com o tema "Forluz e seus Desafios". O evento faz parte da programação do Ciclo de Palestras 2019 da Associação.

Na oportunidade, o DRP falará a associados e pensionistas sobre a atual situação da Fundação, bem como apresentar ações que deverão ser implementadas pela gestão.

Os interessados devem se inscrever pelo telefone (31) 3224 8323 ou pessoalmente na Sede BH.

A AEA-MG vai oferecer aos seus associados três aulas gratuitas de Biodança, com a professora Isa Andrade. As atividades ocorrerão nos dias 9, 16 e 23 de maio, das 15h às 16h30, na Sede BH (Avenida Afonso Pena, 867, 16º andar - Centro). O número de vagas é limitado, e os interessados devem se inscrever no atendimento da AEA-MG (falar com Marcela).

De acordo com a professora Isa Andrade, a biodança significa música mais movimento para proporcionar o bem-estar. A técnica melhora o humor, o sono, a postura e a autoconfiança.

Um pouco sobre nós

A AEA-MG (Associação dos Eletricitários Aposentados e Pensionistas da Cemig e Subsidiárias) foi fundada em 29 de janeiro de 1983, por um grupo de eletricitários que percebeu a necessidade de unir os aposentados da CEMIG. Em todos esses anos de existência, apresentamos a você uma entidade forte, representativa e consolidada.

 

Saiba mais...

Newsletter

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das notícias e promoções.