Notícias em Destaque

Aposentados e pensionistas em todo o país começam a receber a segunda parcela do 13º nesta sexta-feira ( 24). O depósito será realizado junto com a folha de pagamentos mensal do INSS, desta sexta até 7 de dezembro. A primeira parcela foi antecipada entre os meses de agosto e setembro. Agora, o pagamento da segunda parte do abono virá com o desconto de Imposto de Renda (IR).

Por lei, não possuem direito ao 13º os segurados que recebem benefícios Assistenciais (LOAS) que corresponde a cerca de 4,6 milhões de benefícios.

CALENDÁRIO

Para quem recebe até um salário mínimo, a data de pagamento segue o final do número do cartão do benefício:

final de 1 – 24/11

final 2 - 27/11

final 3 - 28/11

final 4 - 29/11

final 5 - 30/11

final 6 - 1º/12

final 7 - 4/12

final 8 - 5/12

final 9 - 6/12

final 0 - 7/12.

Os beneficiários que recebem valores superiores a um salário mínimo têm calendário diferenciado e receberão nas seguintes datas:

finais 1 e 6 - 1º/12

finais 2 e 7 - 4/12

finais 3 e 8 - 5/12

finais 4 e 9 - 6/12

finais 5 e 0 - 7/12

A Cemig Saúde divulgou o calendário de reembolso especial de final de ano, fixando o dia 5 de dezembro como prazo para envio de informações. Quem fizer a solicitação até esta data terá o crédito até 27 de dezembro de 2017. Do contrário, os pedidos recebidos pela Cemig Saúde começarão a ser processados a partir de 2 de janeiro de 2018, e o crédito realizado de acordo com o prazo estabelecido no regulamento do plano.

O crédito das despesas de reembolso futuro, aquelas processadas dentro do teto de 2108, acontecerá em 15 de janeiro próximo. Conforme informou a Cemig Saúde, as datas valem para todas as modalidades de reembolso (PRAS, PGE, FCAS, PGC e PAD).

COMO SOLICITAR

A solicitação de reembolso pode ser feita no portal da Cemig Saúde, pela Área do BeneficiárioPara agilizar o pedido, o usuário deve salvar as receitas e os comprovantes antes de iniciar o processo, além de conferir se a documentação está de acordo com os critérios estabelecidos no regulamento do plano. Tal precaução é importante para que o crédito seja feito dentro do prazo. Mais informações pelos telefones 0800 030 9009 ou (31) 3429 5200 (para ligações originadas de celular) ou pelo www.cemigsaude.org.br.

Termina no próximo dia 30 de novembro, às 11h30, o prazo para envio de votos para a eleição da AEA. O processo de escolha da nova Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal, triênio 2018/202, teve início em 10 de outubro e vai definir os nomes para comandar a Associação nos próximos três anos.

O pleito para a Diretoria teve apenas a inscrição da chapa “Força e Luta”. Para o Conselho, cada associado deve escolher somente um dos candidatos, entre os 11 inscritos. Os três mais bem votados serão eleitos conselheiros efetivos. Já os três seguintes, membros suplentes. A Assembleia Geral para apuração será realizada no dia 30 de novembro, a partir das 13h, na Sede da AEA (Avenida Afonso Pena, 867, 17º andar).

COMO VOTAR

As cédulas eleitorais com as informações sobre os postulantes aos cargos foram encaminhadas via Correios às residências dos associados, para o registro dos votos e a devolução à Sede da AEA em Belo Horizonte (as instruções estão no material).

A Comissão Eleitoral alerta que os envelopes deverão estar assinados e não serão computados os votos que chegarem à sede da AEA após o dia e horário determinados (30 de novembro, às 11h30).

Os aposentados que possuem recursos das contas do PIS/Pasep poderão sacar os valores a partir do próximo dia 17 de novembro, sexta-feira. Têm direito ao fundo trabalhadores de empresas públicas e privadas que contribuíram para o Pasep ou para o PIS, entre 1971 e 4 de outubro de 1988, e que ainda não sacaram todo o saldo.

Cotistas do PIS que possuem conta na Caixa Econômica receberão o depósito automaticamente nas contas correntes, dois dias úteis antes do calendário de saques. Para os demais casos, a Caixa fará a transferência do dinheiro para clientes de outros bancos, sem custos, desde que a conta esteja no mesmo nome do beneficiário. Para isso, beneficiário deverá ir a alguma agência da Caixa levando documento oficial com foto.

Em relação aos saques do Pasep, o Banco do Brasil também depositará o dinheiro automaticamente nas contas dos correntistas dois dias antes do calendário de saques. Quem tem saldo de até R$ 2,5 mil, sem conta no banco, poderá pedir transferência para qualquer conta em seu nome em outra instituição financeira na página do banco na internet ou nos terminais de autoatendimento. Não correntistas com saldo acima desse valor ou herdeiros de cotistas falecidos deverão ir às agências.

CALENDÁRIO

Além dos aposentados que começam a receber na próxima sexta-feira (17), os cotistas com mais de 70 anos estão liberados para sacar o dinheiro desde o último dia 19 de outubro.

Em dezembro, a partir do dia 14, o saque será liberado para mulheres a partir de 62 anos e os homens de 65 anos, ou mais. Antes, o saque poderia ser feito apenas pelos que já tivessem completado 70 anos.

MAIS INFORMAÇÕES

Os clientes com dúvidas podem consultar as páginas da Caixa www.caixa.gov.br/cotaspis ou do Banco do Brasil www.bb.com.br/pasep.

Os idosos que recebem o Benefício de Prestação Continuada - BPC devem estar no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal para manutenção do seu benefício. O prazo para inscrição é até 31 de dezembro de 2017. Para fazer o cadastramento o Responsável Familiar - RF deve ter mais de 16 anos e não precisa ser o beneficiário do BPC, basta que more na mesma casa do beneficiário e que dívida as reponsabilidades com despesas e renda.

O responsável precisa procurar um posto do Cadastro Único e do Programa Bolsa Família de sua cidade ou ir ao Centro de Referência da Assistência Social  - CRAS mais próximo de sua casa. Preferencialmente, o cadastro deve ser feito no mês de aniversário do beneficiário. Mas, caso a data do aniversário já tenha passado, a família deve buscar o cadastramento o mais rápido possível.

 O Ministério do Desenvolvimento Social – MDS esclarece que as equipes municipais devem realizar a busca ativa de todos os beneficiários idosos do BPC, que devem ser inseridos no Cadastro Único. Para isso, basta acessar a lista atualizada de beneficiários no Registo Mensal de Atendimento - RMA, conforme explica o Manual disponível no blog MDS . (http://blog.mds.gov.br/redesuas/?p=2022).

Os Conselhos Municipais e do DF da Assistência Social precisam estar atentos a esse prazo e às repercussões decorrentes do não cadastramento. É fundamental fazer com que a informação chegue aos beneficiários do BPC no município e cobrar a organização do processo de cadastramento da gestão municipal.

Para busca ativa dos beneficiários é relevante estabelecer estratégias e utilizar os meios de comunicação disponíveis no município e no Distrito Federal, como, por exemplo, veiculação da informação em rádios comunitárias, utilização de cartazes e folders, articulação com as equipes de Atenção Básica de Saúde, entre outros métodos.

É possível acessar o material disponibilizado pelo MDS para impressão (cartazes e folders) pelo link: http://mds.gov.br/assuntos/assistencia-social/beneficios-assistenciais/material-de-divulgacao-bpc-no-cadastro-unico. Todas as informações sobre as alterações normativas para o requerimento e manutenção do BPC, bem como o fluxo de atendimento aos requerentes e beneficiários encontram-se no Guia para Técnicos e Gestores da Assistência Social (http://blog.mds.gov.br/redesuas/?p=1901).

Documentação – É importante frisar que os números de CPF de todos os membros deverão ser registrados no Cadastro Único para permitir a identificação do beneficiário e de sua família no momento da avaliação do benefício pelo Instituto Nacional do Seguro Social - INSS.

     Vale lembrar que a inscrição no Cadastro Único, além de manter o BPC, permite o acesso a outros programas sociais, como a Tarifa Social de Energia Elétrica, que concede desconto na conta de energia, de acordo com a quantidade de Quilowatt-hora, consumido pela unidade, além da carteira do idoso.

Para aquelas famílias de beneficiários que já estão no Cadastro Único, é importante ressaltar que deve-se atualizar os dados sempre que houver modificação na família, tais como mudança de endereço e alteração na composição familiar, ou, ainda, no prazo máximo de até dois anos. A desatualização do cadastro  poderá acarretar em suspensão do benefício. As pessoas com deficiência, que sejam beneficiárias do BPC, deverão fazer seu cadastro no ano de 2018.

O Benefício de Prestação Continuada

O BPC é um benefício assistencial garantido pela Constituição Federal de 1988 que garante a transferência mensal de um salário mínimo à pessoa idosa com 65 anos ou mais e à pessoa com deficiência de qualquer idade, mesmo que não tenha contribuído para a Previdência Social.

Nos dois casos, o cidadão que pleiteia o benefício deve comprovar não possuir meios de se sustentar ou de ser sustentado pela família (renda familiar total de até ¼ do salário mínimo). E lembre-se: o requerente deve estar incluído juntamente com sua família no Cadastro Único!

Fonte: Ministério do Desenvolvimento Social

A AEA receberá até o próximo 20 de dezembro doações para a Campanha de Natal Rede Solidária. Neste ano, o objetivo é arrecadar material para higiene pessoal como sabonete, shampoo, condicionador, desodorante, pente e escova de cabelo, hidratante corporal, entre outros.

Os produtos doados serão repassados a instituições que prestam assistência a idosos carentes em Belo Horizonte. Os donativos devem ser entregues na Sede da Associação (avenida Afonso Pena, 867, 17º andar, Centro, Belo Horizonte), de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 17h30.

Mais informações pelo (31) 3224 8323

Se o seu filho, enteado, menor sob guarda ou neto maiores de 30 anos foram excluídos do Prosaúde Integrado da Cemig (PSI), você pode solicitar o retorno deles ao plano a partir do próximo dia 6 de novembro. Assim, no dia 1º de janeiro de 2018 ele estará incluído no plano, sem necessidade de cumprimento de carência. A partir dessa data, o limite de permanência para esses dependentes será até 38 anos, 11 meses e 29 dias.

Mesmo solicitando o retorno antecipadamente tanto a inclusão no plano, quanto a cobrança da contribuição, só passarão a valer a partir de 1º de janeiro. A antecipação da solicitação é uma forma de permitir que o beneficiário tenha tempo hábil para fazer a adesão e garantir que o dependente possa utilizar o plano a partir do primeiro dia do ano. Caso o beneficiário não faça a adesão antecipada, ainda poderá manter o benefício do não cumprimento de carência, desde que a inscrição do dependente ocorra até 28 de fevereiro de 2018.

No caso dos beneficiários que utilizam a rede da Unimed, será necessário preencher, também, o formulário da Cooperativa e apresentar a documentação solicitada. Para esses casos o início da utilização dos serviços obedecerá o prazo determinado pela própria Unimed.

Beneficiários que optarem por utilizar o Programa Odontológico (POD) devem solicitar a adesão até 20 de dezembro. Aqueles que aderirem a partir dessa data, somente poderão utilizar o POD a partir de 1º de fevereiro.

Para os dependentes que completaram ou irão completar 30 anos dentro do período de 1º de julho e 31 de dezembro de 2017 não será necessário fazer nada, pois eles serão mantidos no plano automaticamente. Mas, caso o titular não tenha interesse em manter o dependente especial no plano, ele deverá solicitar a exclusão.

COMO SOLICITAR A ADESÃO

Para solicitar a adesão, acesse www.cemigsaude.org.br >> Nossos Planos >> Prosaúde Integrado da Cemig >> Formulários do PSI >> Adesão Dependente Especial. Preencha o formulário e envie para a Cemig Saúde, acompanhado da documentação solicitada.

O passo a passo para envio pelo portal é www.cemigsaude.org.br >> Área do Beneficiário >> Fale Conosco >> Inscrição Dependente Especial.

Caso não tenha acesso à internet, você pode entregar a documentação pessoalmente, em uma das nossas unidades de atendimento presencial ou enviar pelos Correios, para Av. Barbacena, 472 – 5º andar - Barro Preto - 30190-130 - BH - MG. Mas lembre-se que o envio pela internet é mais rápido e prático.

Importante: as solicitações somente serão recebidas a partir do dia 6 de novembro.

Fonte: Cemig Saúde

Um pouco sobre nós

A AEA-MG (Associação dos Eletricitários Aposentados e Pensionistas da Cemig e Subsidiárias) foi fundada em 29 de janeiro de 1983, por um grupo de eletricitários que percebeu a necessidade de unir os aposentados da CEMIG. Em todos esses anos de existência, apresentamos a você uma entidade forte, representativa e consolidada.

 

Saiba mais...

Newsletter

Assine nossa Newsletter e fique por dentro das notícias e promoções.